pendulo-sao.jpg
segunda, 27 julho 2015 18:00

Sabedoria Popular por José Francisco Rodrigues Destaque

Escrito por 
Classifique este item
(1 Vote)

memorias de um burro 1

Perde-se na noite dos tempos o aparecimento dos proverbios, pequenas frases que encerram grandes verdades. Não conhecemos a origem dos mesmos nem a data em que foram elaborados, séculos, milénios?

Estão perfeitamente ao alcance de qualquer pessoa não letrada e são precisamente  os rurais que os usam com mais rigor.

Selecionei alguns que os conheço desde a minha infância e me fazem meditar sobre a criação do homem, com virtudes e defeitos;

“Se queres ver um pobre bruto, dá-lhe a chave de um palheiro velho.”

“Não sirvas a quem serviu, nem peças a quem pediu”

Estes dois revelam a falta de humildade das pessoas que se tornam arrogantes e soberbas quando têm qualquer de seu.

“Em casa de ferreiro espeto de pau”  ; “ Quem atrazado vier, comerá do que trouxer” ; “ De burros mancos, não se podem fazer   cavalos de corrida”

“Tener un ojo en el burro y otro en el gitano” ; “ Debaixo de una piedra sale un grillo” ; “ Hacer algo tan rapido mientras canta un gallo” ; “ Cabrita que anda el montes no hay pastor que la guarde”

José Francisco Rodrigues

Lido 924 vezes Modificado em segunda, 03 agosto 2015 14:35
Mais nesta categoria: « O Papa Férias »
Autentique-se para comentar este artigo

Procurar

Notícias Recentes

Newsletter

  1. Oráculos
  2. Cursos
  3. Terapias
next
prev